Como os profissionais autônomos vão sobreviver ao isolamento social?

Como os profissionais autônomos vão sobreviver ao isolamento social?



como preservar nossa saúde física, sem esquecer da nossa saúde financeira

Se você é massoterapeuta autônomo e suspendeu seus serviços durante a pandemia do Corona vírus, este texto é pra você. 

Meu nome é Fabiana Araujo, eu sou massoterapeuta e empreendedora e neste artigo eu vou falar 4 medidas de sobrevivência, para você massoterapeuta autônomo, sem vínculo com nenhuma empresa, que não está podendo atender devido ao isolamento social. 

Se você não tem dinheiro pra manter a sua despesa por mais de 3 meses você precisa se mexer agora!

Durante esses primeiros 15 dias de isolamento eu estudei e tracei um plano inicial do que nós podemos e DEVEMOS fazer pra passar por este momento de pandemia, preservando nossa saúde física em primeiro lugar, sem esquecer da nossa saúde financeira.

Por causa do COVID-19 a maioria dos massoterapeutas autônomos, teve que suspender seus atendimentos. Alguns que optaram por continuarem atendendo, intensificaram as medidas de biosegurança para minimizar o contágio, mas a maioria dos profissionais da nossa categoria, antes de decretarem a primeira quarentena já vinham percebendo uma diminuição do número de clientes que estavam evitando o contato social.

Então dediquei  estes primeiros dias de quarentena para traçar um plano estratégico anti crise, de continuar visível para os meus clientes, e recomeçar ainda mais forte quando este momento passar.

Ninguém sabe quanto tempo irá durar o isolamento, neste momento estamos entrando na subida do contágio pelo vírus, e a previsão é de quando chegarmos ao pico do contágio, ficarmos três meses no topo da curva até ela começar a descer. Todo esse movimento pode levar 1, 3, 6 meses. Não sabemos. Tudo que a gente sabe até agora, é que aconteceu uma mudança muito grande na nossa realidade enquanto massoterapeutas, e que precisamos focar em 2 questões principais para resolver: nossa saúde, a saúde da nossa família e a dos nossos clientes, e a manutenção do nosso trabalho agora e depois da crise.

Então vamos imaginar a seguinte situação:

Você é autônomo, não está vinculado à nenhuma clínica e não tem um espaço próprio. Você atende em domicílio ou subloca horários em outras clinicas, você não está gerando renda no momento, porém está numa posição mais favorável do que aquele autônomo que aluga uma sala. Neste momento você precisa se preocupar em diminuir seus gastos pessoais, porque seu faturamento caiu a zero, ou perto disso, mas não terá as despesas da manutenção de um espaço que está fechado, por exemplo.

No Brasil são aproximadamente 38 milhões de autônomos e informais que não estão recebendo dinheiro, porque estão impedidos de exercerem suas atividades. Então, o que eu vou fazer e que dicas eu tenho pra compartilhar com você?

1ª dica: aproveite este tempo aumentar o seu conhecimento.

Nada de ficar assistindo notícia o dia inteiro. Leia conteúdos pertinentes ao seu trabalho. Reserve uma horinha do seu dia para últimas notícias e só. Tem muito conteúdo bom na internet,  mas também tem muito lixo. Então se você quiser estar a par dos últimos acontecimentos busque informações em sites confiáveis. Fora isso, leia conteúdos que vão impactar a sua vida de forma positiva. Saia do debate político, não é hora pra isso. O momento é de reflexão, entendimento e ajuste a uma nova realidade. 

2ª dica: aumente a sua exposição na internet.

Durante este momento de crise, e especialmente depois deste momento, a forma de consumir qualquer produto ou serviço, vai mudar. Então nós, massagistas que até então vínhamos fazendo um trabalho totalmente presencial precisaremos nos adequar, não podemos mais continuar somente no físico, precisamos usar o meio digital não só para divulgar nossos serviços online, como para criar o nosso próprio marketing pessoal.  Então o segundo conselho que dou é usar esse tempo em casa para conquistar audiência do seu futuro cliente que também está em casa. Despertar nele o desejo de conhecer mais o seu trabalho.

Como vc pode fazer isso? Produzindo conteúdo relevante ao seu trabalho. Aqui você vai aplicar o conhecimento que você adquiriu estudando para fazer vídeos, postar stories, estudos de casos, textos sobre assuntos relacionados à sua atividade, pesquisas científicas… aproveite para criar engajamento nos perfis afins, ou seja comente nos perfis de outros profissionais e pessoas que possam vir a ser seus clientes no futuro.

3ª dica: vender os seus serviços agora, para atender no futuro

Se você já fez um bom trabalho, alimentou sua rede social, já conquistou certa audiência nos seus perfis, agora você pode partir pra esse terceiro passo. Considerando que você não vai poder atender durante esse período e você precisa captar clientes para o seu retorno às atividades, uma dica é você oferecer às suas clientes pacotes de massagens ou tratamentos com desconto para atendimentos no futuro. Ou seja, a sua cliente fecha o pacote com você, adianta uma parte ou até o pacote total, dependendo do desconto, e assim que as coisas normalizarem você presta o atendimento. 

vamos receber a ajuda emergencial de R$600 do Governo (COVID-19)

4ª dica: ajuda emergencial do governo

Coloquei esse como último passo por que você precisa ser dona da sua vida e do seu sucesso. O Governo tem obrigações com a gente? Tem! Mas você deve contar apenas com o governo? Claro que não!


O Governo Federal aprovou na última segunda-feira (30/03) um auxílio mensal de R$ 600 aos trabalhadores informais por três meses em razão da pandemia do coronavírus. O benefício será pago aos trabalhadores informais, desempregados e MEIs. Então se você é esteticista, massoterapeuta e está em dia com seu MEI ou com seu INSS, poderá contar com essa ajuda de R$600, desde que não tenha recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018 e não tenha aposentadoria, seguro-desemprego ou ser beneficiário de outra ajuda do governo, com exceção do Bolsa Família.

Ainda não é possível se cadastrar para receber o benefício, portanto se você receber uma mensagem por whatsapp ou SMS para se cadastrar para auxilio emergencial, provavelmente é Vírus. Precisamos aguardar a divulgação nos próximos dias das datas e formas de pagamentos, o que eu sei até agora é que a CEF pretende fazer os pagamentos não só em agências, mas também via lotéricas e aplicativo de celular.

Essa ajuda vai ser boa, principalmente pros mais frágeis, mas se você ganhou mais de R$2.380 por mês no ano passado, e eu espero que tenha ganho, provavelmente não terá esse benefício. Mas independente do auxílio emergencial, o importante é você assumir o protagonismo da sua vida,  e não ficar improdutivo esperando a epidemia passar!

Então essas foram as dicas para você que é massoterapeuta ou esteticista autônoma passar por esta crise, se reinventando e reestruturando o seu atendimento. No próximo texto eu vou falar para os massoterapeutas e esteticistas que tem o seu próprio espaço. E medidas para aquele massoterapeuta ou esteticista que é empreendedor MEI ou enquadrado no Simples que tem sua própria clínica com um ou mais funcionários. 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.